terça-feira, 21 de novembro de 2017

Fardo ou Honra ?

Resultado de imagem para ajudar o proximo nunca será em vão

.
Mas graças a Deus que nos dá a vitória por nosso Senhor Jesus Cristo.
Portanto, meus amados irmãos, sede firmes e constantes, sempre abundantes na obra do Senhor, sabendo que o vosso trabalho não é vão no Senhor.
1 Coríntios 15:56-58


Um pequeno texto com uma pergunta que pode mudar toda a sua vida, avalie como tem sido a obra de Deus na sua vida, Fardo ou Honra ? 

Como está o seu coração, seus olhos, seus pensamentos quando o assunto é a obra de Deus ? sente um peso ? um aperto ? um fardo ? 
Tem muitas pessoas que reclamam, pelo fato de não ter tempo, estudam demais, trabalham demais, treinam demais, enfim, tem tempo para tudo, menos para demonstrar amor ao próximo, enxergando assim a obra de Deus como um fardo. 

Servir a Deus é um privilegio para poucos, muitos até são chamados, porém poucos permanecem, pois o amor a cada dia tem se esfriado dentro das pessoas pelo próximo. 

Guarde seu coração, permaneça com bons olhos e se porventura sujou ambos, pede a Deus para limpar seus olhos e seu coração, pede a Deus bons pensamentos, porque se não pensa no próximo é um sinal que não pensa como Deus.

Quem pensa no próximo, pensa como Deus, não atoa é uma honra manter amor pela obra de Deus em ajudar aos desconhecidos com uma palavra, um sorriso, um abraço, passando a fé ! 

Que nunca lhe falte animo para fazer a obra de Deus, que você sempre faça com alegria e não como um fardo. Abraço do seu amigo Nelsinho A. Quintanilho. 

terça-feira, 14 de novembro de 2017

AONDE DÓI ?



E disse a sábia anciã que ajudava almas aflitas:
Não doem as costas, doem as cargas.
Não doem os olhos, dói a injustiça.
Não dói a cabeça, doem os pensamentos.
Não dói a garganta, dói segurar o grito de indignação ou falar e não ser ouvido.
Não dói o estômago, dói o que a alma não digere.
Não dói o fígado, dói a raiva contida.
Não dói o coração, dói o amor.
E é precisamente ele mesmo, o amor, quem contém o mais poderoso remédio.

Título: Aonde dói?
Autor: Desconhecido

sexta-feira, 10 de novembro de 2017

VOU ENCONTRAR ALGUÉM MELHOR

Vou encontrar alguém melhor

Quando um casal entra em crise e não consegue sair dela depois de muitos esforços, é comum pensar que é melhor terminar. “Escolhi a pessoa errada”, concluem. “Mas vou encontrar alguém melhor.”

Na verdade, mesmo se partirem para outro relacionamento, descobrirão que terão de fazer novos esforços para fazê-lo funcionar com outra pessoa também — provavelmente os mesmo esforços e mudanças pessoais que estão resistindo fazer com a pessoa atual.
Você precisa encontrar alguém melhor, sim — mas esse alguém é você. Encontrar sua melhor forma de ser, evoluir como pessoa, mudar para crescer. Isso sim lhe dará muito mais chance de sair da crise conjugal.
Às vezes uma separação é inevitável. Mas a maioria é desnecessária. Tudo o que é preciso é que pelo menos um decida a encontrar o seu eu melhor.

segunda-feira, 6 de novembro de 2017

QUEM AMA O FEIO



— Basta de guerra — disse a coruja.
— O mundo é grande, e tolice maior que o mundo é andarmos a comer os filhotes uma da outra.
— Perfeitamente — respondeu a águia.
— Também eu não quero outra coisa.
— Nesse caso combinemos isso: de agora em diante não comerás nunca os meus filhotes.
— Muito bem. Mas como posso distinguir os teus filhotes?
— Coisa fácil. Sempre que encontrares uns borrachos lindos, bem feitinhos de corpo, alegres, cheios de uma graça especial, que não existe em filhote de nenhuma outra ave, já sabes, são os meus.
— Está feito! — concluiu a águia.
Dias depois, andando à caça, a águia encontrou um ninho com dois monstrengos dentro, que piavam de bico muito aberto.
— Horríveis bichos! — disse ela. — Vê-se logo que não são os filhos da coruja.
E comeu-os.
Mas eram os filhos da coruja. Ao regressar à toca a triste mãe chorou amargamente o desastre e foi ajustar contas com a rainha das aves.
— Quê? — disse esta admirada. — Eram teus filhos aqueles monstrenguinhos? Pois, olha não se pareciam nada com o retrato que deles me fizeste…

Moral da história: Quem ama o feio, bonito lhe parece.

Título original desta fábula de Monteiro Lobato: A coruja e a águia

quarta-feira, 1 de novembro de 2017

E se você se colocasse no lugar do outro?



AMAR INCLUI sempre pensar em como fazer a vida do parceiro melhor. Você tenta se colocar no lugar da outra pessoa, imaginar o que ela está passando. Aí se pergunta, “O que eu gostaria que me fizesse se eu estivesse nessa situação?”

Se você tivesse trabalhado o dia todo em casa, sem deixar de cuidar de crianças não tão calminhas… O que você gostaria do seu parceiro? Que tal uma mãozinha com os trabalhos mais pesados? Ou dar um alívio com os pequenos?

Se você tivesse chegado em casa à noite, exausto fisicamente e mentalmente, que tipo de recepção gostaria?


Pense como fazer a vida do seu parceiro melhor e tome a iniciativa. Isso vale mais que flores e passeios exóticos.

terça-feira, 31 de outubro de 2017

Súplicas de um Ancião


Em ti, SENHOR, confio; nunca seja eu confundido.
Livra-me na tua justiça, e faze-me escapar; inclina os teus ouvidos para mim, e salva-me.
Sê tu a minha habitação forte, à qual possa recorrer continuamente. Deste um mandamento que me salva, pois tu és a minha rocha e a minha fortaleza.
Livra-me, meu Deus, das mãos do ímpio, das mãos do homem injusto e cruel.
Pois tu és a minha esperança, Senhor DEUS; tu és a minha confiança desde a minha mocidade.
Por ti tenho sido sustentado desde o ventre; tu és aquele que me tiraste das entranhas de minha mãe; o meu louvor será para ti constantemente.
Sou como um prodígio para muitos, mas tu és o meu refúgio forte.
Encha-se a minha boca do teu louvor e da tua glória todo o dia.
Não me rejeites no tempo da velhice; não me desampares, quando se for acabando a minha força.
Porque os meus inimigos falam contra mim, e os que espiam a minha alma consultam juntos,
Dizendo: Deus o desamparou; persegui-o e tomai-o, pois não há quem o livre.
Ó Deus, não te alongues de mim; meu Deus, apressa-te em ajudar-me.
Sejam confundidos e consumidos os que são adversários da minha alma; cubram-se de opróbrio e de confusão aqueles que procuram o meu mal.
Mas eu esperarei continuamente, e te louvarei cada vez mais.
A minha boca manifestará a tua justiça e a tua salvação todo o dia, pois não conheço o número delas.
Sairei na força do Senhor DEUS, farei menção da tua justiça, e só dela.
Ensinaste-me, ó Deus, desde a minha mocidade; e até aqui tenho anunciado as tuas maravilhas.
Agora também, quando estou velho e de cabelos brancos, não me desampares, ó Deus, até que tenha anunciado a tua força a esta geração, e o teu poder a todos os vindouros.
Também a tua justiça, ó Deus, está muito alta, pois fizeste grandes coisas. Ó Deus, quem é semelhante a ti?
Tu, que me tens feito ver muitos males e angústias, me darás ainda a vida, e me tirarás dos abismos da terra.
Aumentarás a minha grandeza, e de novo me consolarás.
Também eu te louvarei com o saltério, bem como à tua verdade, ó meu Deus; cantarei com harpa a ti, ó Santo de Israel.
Os meus lábios exultarão quando eu te cantar, assim como a minha alma, que tu remiste.
A minha língua falará da tua justiça todo o dia; pois estão confundidos e envergonhados aqueles que procuram o meu mal.
Salmos 71:1-24

Estava lendo essa palavra e meditando, considerei forte, ao ponto de não fazer um texto grande explicando. Prefiro fazer diferente, deixo aqui um conselho, leia lentamente, preste atenção em cada verso, cada detalhe, acho que vai se identificar com alguns trechos. 

Lendo essa palavra, eu me senti motivado, avivou a minha fé, creio que seu animo, sua esperança também vão ascender ! Não importa a sua idade, se você for sincero e abrir o coração como fez esse ancião, sem duvidas alcançar as virtudes de Deus. 

Que Deus abençoe, um forte abraço do amigo Nelsinho A. Quintanilho que crer que independente de suas lutas você ainda Ó Louvará ! 

sexta-feira, 27 de outubro de 2017

Os atributos de um amigo verdadeiro



1. Um amigo é alguém que está do nosso lado ainda quando todos nos abandonam – A Bíblia diz: “Em todo tempo ama o amigo, e na angústia se faz o irmão” (Pv 17.17). Um amigo é o primeiro a entrar, depois de todos terem abandonado a casa. Ele se aproxima não para tirar-lhe algo, mas para oferecer-lhe tudo, sua amizade. Há duas caricaturas de amizade, que não passam de uma falsa amizade. A primeira é a amizade tabernária. Nenhum liame existe entre os amigos “tabernários” além do desejo comum de matar o tempo, de tomar uns copos, de contar pilhérias um tanto escabrosas, de maldizer o próximo e fazer farra. Esses amigos dispersam-se na hora da angústia, como os amigos do Filho Pródigo fugiram, deixando-o faminto e necessitado. A segunda amizade falsa é a amizade utilitária. É a daqueles para quem todo “amigo” é uma conveniência, um meio atual ou potencial de facilitar-lhes os interesses. Essa amizade é uma espécie de pesca de favores, honras, posições e lucros. Essa espécie de amizade constitui-se numa ameaça para a moralidade pública. Distribuem-se os cargos não pelos méritos pessoais dos candidatos, mas pelo número de “amigos” que possuem. Mas, se há “amizade” falsa, existe também a amizade verdadeira. O amigo verdadeiro ama em todo tempo. O vendaval só conseguirá que os verdadeiros amigos deitem raízes mais profundas, entrelaçando-se as radículas no solo do amor eterno.

2. Um amigo é alguém que não precisa usar máscaras para desfrutar de intimidade – A Bíblia diz: “… há amigo mais chegado do que um irmão” (Pv 18.24). Um amigo verdadeiro não precisa de formalidades e convencionalidades para se aproximar de nós. Ele nos conhece e nos ama não apenas por causa das nossas virtudes, mas também apesar dos nossos defeitos. O verdadeiro amigo é aquele que está perto nas horas de celebração e também nos tempos de choro. Ele é capaz de chorar conosco na dor e cantar conosco nos dias de festa. A verdadeira amizade derruba paredes e constrói corredores; nivela os vales e constrói pontes. A Bíblia destaca a amizade de Davi e Jônatas. Essa amizade foi santa, íntegra e fiel. Esses dois jovens buscavam o bem um do outro. Eles protegiam um ao outro. Um amigo verdadeiro não se nutre de suspeitas nem dá ouvidos à intriga. Não há amizade sem lealdade. A intriga é o verdugo da amizade. A amizade é edificada sobre o fundamento da verdade e cresce com o cultivo da intimidade.

3. Um amigo é alguém que prefere o desconforto do confronto à comodidade da omissão – A Bíblia diz: “Como o ferro com o ferro se afia, assim o homem ao seu amigo” (Pv 27.17). Uma amizade verdadeira não é construída sobre a cumplicidade no erro, mas sobre o confronto da verdade. As feridas feitas pelo amigo são melhores do que as lisonjas do bajulador. Uma amizade leal não se acovarda na hora do confronto. Há circunstâncias em que a maior prova de amizade está em aceitar o risco de perdê-la, em nome da própria amizade. A Bíblia nos ensina a falar a verdade em amor. A Bíblia nos orienta a servir de suporte uns para os outros. A Bíblia nos manda corrigir aos que são surpreendidos na prática de alguma falta, e isso, com espírito de brandura. Não existe amizade indolor. Não existe amizade omissa. Um amigo é alguém que tem liberdade, direito e responsabilidade de exortar, corrigir e orientar seu confrade quando vislumbra a chegada de um perigo ameaçador. Nesse mundo timbrado pela solidão e pelo isolamento, onde florescem as “amizades virtuais”, precisamos cultivar amizades verdadeiras, amizades que glorificam a Deus, edificam a igreja e abençoam a família!


Hernandes Dias Lopes

quarta-feira, 25 de outubro de 2017

PAZ: impossível sem esta decisão




QUEM QUER PAZ? Resposta óbvia. Porém, não tão óbvio, é que não se chega à paz sem perdão.

Enquanto não entendermos que erramos com outros e precisamos de perdão; e que também precisamos perdoá-los quando erram conosco, a paz será impossível. Seja no seu interior, no casamento, na família, na sociedade ou no mundo.

Sem perdão, nunca haverá paz.

Sim, perdão é uma decisão, muito inteligente por sinal. Se você está esperando sentir vontade de perdoar, essa vontade provavelmente nunca surgirá. Pense. Decida. Aja.


segunda-feira, 23 de outubro de 2017

O Perfeito Louvor gera a verdadeira alegria



Deus tenha misericórdia de nós e nos abençoe; e faça resplandecer o seu rosto sobre nós (Selá.)
Para que se conheça na terra o teu caminho, e entre todas as nações a tua salvação.
Louvem-te a ti, ó Deus, os povos; louvem-te os povos todos.
Alegrem-se e regozijem-se as nações, pois julgarás os povos com eqüidade, e governarás as nações sobre a terra. (Selá.)
Louvem-te a ti, ó Deus, os povos; louvem-te os povos todos.
Então a terra dará o seu fruto; e Deus, o nosso Deus, nos abençoará.
Deus nos abençoará, e todas as extremidades da terra o temerão.
Salmos 67:1-7

Louve a Deus, pois só de você estar ai lendo essa postagem, é um sinal que Ele tem tido misericórdia de você e tem lhe abençoado com novas oportunidades de fazer melhor. Louvar a Deus vai além de palavras, devemos tomar atitudes, como a do arrependimento, de nada adianta pedir a misericórdia de Deus, se não nos arrependemos dos erros cometidos. 

O louvor também é uma demostração de carinho, amor e consideração. Por isso o arrependimento torna o louvor verdadeiro, ai sim a pessoa prova da verdadeira alegria, do gozo na alma que Deus dá. Deus abençoa os humildes de coração, aqueles que se rende de corpo, alma e espírito. Ele busca os sinceros, dá sinceridade e da pureza sai o perfeito louvor. Vamos louvar a Deus ! 

Amigos, alegrem-se e regozijem-se, pois enquanto a vida existe esperança, sinal que Deus ta lhe dando uma nova chance  não se preocupe com lindas palavras, como podemos ver tantas canções bonitas, porém sem nenhuma letra de impacto, falta a sinceridade descrita a cima, o arrependimento, o desejo de agradar ao Todo Poderoso! O fruto mais sublime do Perdão, será a Alegria da salvação. 

O perfeito louvor gera a verdadeira alegria, sempre de dentro pra fora... de você para Deus e por fim de Deus pra você. Experimente colocar 100% de força em agradar a Deus, não vai se arrepender. Abraço do seu amigo Nelsinho A. Quintanilho 

sexta-feira, 20 de outubro de 2017

Você tem direito a se expressar, mas ninguém é o dono da verdade



Meus irmãos, muitos de vós não sejam mestres, sabendo que receberemos mais duro juízo. Tiago 3;1

Bom vamos a esse tema tão polêmico que é ter razão sempre! 
Podemos começar o assunto assim: Que atire a primeira pedra quem nunca se fez de mestre em determinado assunto! Creio que isso já vem de dentro de nós, um defeito de fabrica, uma herança que não traz nem um pouco de alegria. Enfim, acredito que todo ser humano, tem esse defeito, de coisas bobas a coisas serias, geralmente essa atitude arrogante se manifesta na vida sentimental ou profissional, são as áreas mais atuantes. 

Na vida sentimental, é a pessoa que em uma conversa acaba gerando uma briga, pois não assume sua parcela de culpa no relacionamento, geralmente quer ser o mestre, acha que já sabe de tudo e não precisa aprender, não precisa melhorar, apenas a outra pessoa que tem que mudar, que não sabe das coisas... enfim, não gosta de ouvir e não é humilde para aprender com os outros.

Na vida financeira, é aquela pessoa chata, qualquer assunto relacionado a área de atuação dela, ninguém pode dar uma dica de melhora, porque ela já sabe de tudo, ta sempre atualizada, sabe até mais do que os professores que um dia ensinaram, é uma pessoa difícil, geralmente nem percebe o quanto é arrogante, quanto mais conhecimento ela tem, mais dona da razão se acha.
 
Por fim, analisamos que a pessoa que se acha dona da razão, ela acha que sabe de tudo ! ela se torna chata! ela não é humilde para aprender! 

O perigo disso ? Quanto mais você sobe, aumenta sua responsabilidade, porque quem muito sabe, muito julga as atitudes dos outros como erradas, só ele tem razão, e ai quando chegar diante de Deus, e ai ? os mestres receberam o mais duro juízo, como está na palavra de Deus, se essa palavra é verdade, ser arrogante, ser prepotente, ser o dono da verdade ou da razão, não é nada bom ! 

Um conselho !? Melhor é ser humilde aprender a perder pra ganhar, do que se achar perfeito e sempre querer ganhar se tornando o maior perdedor de todos os tempos.

amigos sempre seremos eternos aprendizes, não seja dono da razão, deixe Deus cuidar de você, seja humilde pra reconhecer que nem sempre acerta, afinal sua salvação depende disso(Humildade), abraço Nelsinho A. Quintanilho

terça-feira, 17 de outubro de 2017

O VERDADEIRO AMOR (ILUSTRAÇÃO)



Um famoso professor se encontrou com um grupo de jovens que falava contra o casamento.
Argumentavam que o que mantém um casal é o romantismo e que é preferível acabar com a relação quando este se apaga, em vez de se submeter à triste monotonia do matrimônio.
O mestre disse que respeitava sua opinião, mas lhes contou a seguinte história:

“Meus pais viveram 55 anos casados. Numa manhã minha mãe descia as escadas para preparar o café e sofreu um enfarto.
Meu pai correu até ela, levantou-a como pôde e quase se arrastando a levou até à caminhonete.
Dirigiu a toda velocidade até o hospital, mas quando chegou, infelizmente ela já estava morta.
Durante o velório, meu pai não falou.
Ficava o tempo todo olhando para o nada. Quase não chorou. Eu e meus irmãos tentamos, em vão, quebrar a nostalgia recordando momentos engraçados.
Na hora do sepultamento, papai, já mais calmo, passou a mão sobre o caixão e falou com sentida emoção: “- Meus filhos, foram 55 bons anos…Ninguém pode falar do amor verdadeiro se não tem idéia do que é compartilhar a vida com alguém por tanto tempo.”
Fez uma pausa, enxugou as lágrimas e continuou: “- Ela e eu estivemos juntos em muitas crises.
Mudei de emprego, renovamos toda a mobília quando vendemos a casa e mudamos de cidade.
Compartilhamos a alegria de ver nossos filhos concluírem a faculdade, choramos um ao lado do outro quando entes queridos partiam. Oramos juntos na sala de espera de alguns hospitais, nos apoiamos na hora da dor, e perdoamos nossos erros…
Filhos, agora ela se foi e estou contente. E vocês sabem por que? Porque ela se foi antes de
mim e não teve que viver a agonia e a dor de me enterrar, de ficar só depois da minha partida. Sou eu que vou passar por essa situação, e agradeço a Deus por isso. Eu a amo tanto que não gostaria que sofresse assim… ”
Quando meu pai terminou de falar, meus irmãos e eu estávamos com os rostos cobertos de lágrimas. Nós o abraçamos e ele nos consolava, dizendo: “Está tudo bem, meus filhos, podemos ir para casa.”
E, por fim, o professor concluiu: Naquele dia entendi o que é o verdadeiro amor. Está muito além do romantismo, e não tem muito a ver com o erotismo, mas se vincula ao trabalho e ao cuidado a que se professam duas pessoas realmente comprometidas.

Quando o mestre terminou de falar, os jovens universitários não puderam argumentar.
Pois esse tipo de amor era algo que não conheciam.
O verdadeiro amor se revela nos pequenos gestos, no dia-a-dia e por todos os dias.
O verdadeiro amor não é egoísta, não é presunçoso, nem alimenta o desejo de posse sobre a pessoa amada.

“Quem caminha sozinho pode até chegar mais rápido, mas aquele que vai acompanhado com certeza chegará mais longe e terá a indescritível alegria de compartilhar, alegria esta que a solidão nega a todos que a possuem…”