sábado, 21 de abril de 2018

Marcas da vida




Quem vê meus olhos
Não sabe as lágrimas que derramei
Quem vê meus pés
Não sabe os espinhos que pisei
Se ouvir minha voz
Não sabe as vezes que eu me calei pra não sofrer

Quem vê minhas mãos
Não sabe as batalhas que travei
E o meu sorriso
Que, muitas vezes, eu o disfarcei
Por fora um livro
Com as marcas que a vida escreveu

E diante das coisas que eu não pude evitar
Eu encontrei abrigo até tudo passar
Na vida, tem um tempo pra sorrir e pra chorar
Mas em tudo eu vejo as mãos do meu Deus a me guardar

Meu passado é uma história
Meu futuro está sendo escrito por um Deus
Que cuida de mim com muito amor
Já passei por coisas da vida
Hoje eu quero as coisas de Deus
Eu vou viver o sobrenatural
Mesmo depois de tudo que passei

E diante das coisas que eu não pude evitar
Eu encontrei abrigo até tudo passar
Na vida, tem um tempo pra sorrir e pra chorar
Mas em tudo eu vejo as mãos do meu Deus a me, a me guardar

Meu passado é uma história
Meu futuro está sendo escrito por um Deus
Que cuida de mim com muito amor
Já passei por coisas da vida
Hoje eu quero as coisas de Deus
Eu vou viver o sobrenatural

Meu passado é uma história
Meu futuro está sendo escrito por um Deus
Que cuida de mim com muito amor
Já passei por coisas da vida
Hoje eu quero as coisas de Deus
Eu vou viver o sobrenatural
Mesmo depois de tudo que passei

Composição: Pr.Lucas

quarta-feira, 18 de abril de 2018

O que é preciso para superar a dor da perda



Cada pessoa lida de maneira diferente com o luto, mas a forma que Rajashree Patil encontrou para fazer isso foi tão singular que ganhou as manchetes do mundo inteiro: ela utilizou o esperma que o filho havia congelado antes de morrer para gerar netos.

Para isso, Rajashree, de 49 anos de idade, contratou uma barriga de aluguel. A ideia era fazer nascer uma criança, mas vieram gêmeos. Em entrevista à rede de televisão britânica BBC, ela afirmou: “Eu era muito ligada ao meu filho [...] Agora eu tenho meu filho de volta”.

O médico que realizou a inseminação artificial na moça contratada conta que Rajashree era “uma mãe entristecida que queria recuperar seu filho a qualquer custo”.

A dor da perda

É evidente que nenhum ser humano fica feliz ao encarar o falecimento de uma pessoa amada. Entretanto, o Bispo Renato Cardoso explica que a vida não pode parar por isso. É necessário entender que todos morrem e que o mais importante é utilizar a fé para vencer o luto:

“É claro que eu sou carne, eu sou humano, eu posso sentir, eu posso chorar por um dia ou dois, mas eu não vou perder a minha vida porque aquilo aconteceu com alguém. A minha estrutura, a minha base é Deus”, acrescentou ele.

Sofrer é natural, mas existe uma maneira preventiva de fazer com que esse sofrimento não paralise sua vida como um todo.

Todos os seres humanos morrerão em carne e, por isso, devem buscar a Vida Eterna em Jesus. Não permita que um acontecimento como o falecimento de um ente querido desestruture a sua vida.

Por Andre Batista

sábado, 14 de abril de 2018

VENCER O PASSADO.



Irmãos, quanto a mim, não julgo que o haja alcançado; mas uma coisa faço, e é que, esquecendo-me das coisas que atrás ficam, e avançando para as que estão diante de mim,
Prossigo para o alvo, pelo prêmio da soberana vocação de Deus em Cristo Jesus.

Filipenses 3:13,14

Não podemos apagar o nosso passado da nossa memória, mas, não podemos deixar que ele nos impeça de avançar em direção ao nosso objetivo. Ao usar o verbo esquecendo-me no tempo presente, Paulo estava indicando que se trata de um processo contínuo.

Portanto nós também, pois que estamos rodeados de uma tão grande nuvem de testemunhas, deixemos todo o embaraço, e o pecado que tão de perto nos rodeia, e corramos com paciência a carreira que nos está proposta,
Olhando para Jesus, autor e consumador da fé, o qual, pelo gozo que lhe estava proposto, suportou a cruz, desprezando a afronta, e assentou-se à destra do trono de Deus.

Hebreus 12:1,2

quarta-feira, 11 de abril de 2018

O minimo que um Cristão deve fazer



Porque apregoarei o nome do Senhor; engrandecei a nosso Deus.
Deuteronômio 32:3

Significado de apregoar

Divulgar; anunciar publicamente e em voz alta.

O minimo que um Cristão de verdade deve fazer é, ter coragem de divulgar o nome do Senhor Jesus, falar com alegria e louvor, render graças a Ele, por sua vida e por tudo que tem recebido.
Não ter vergonha de engradecer a Deus, de falar as experiências magnificas que está vivendo, desde que conheceu o Deus vivo.

Se tiver de falar em voz alta, por que não hein ? Quem de fato ama a Deus, faz o que for preciso para agradar a Ele. Então pense, você tem divulgado o nome do seu Deus ou tem vergonha de falar d'Ele ? analise sua vida, suas atitudes do dia a dia, na rua, na escola, faculdade, trabalho, curso, no lazer, entre amigos e amigas enfim, analise... tenho certeza que sua consciência já respondeu essa perguntar.

Que Deus lhe dê forças e coragem para fazer o que Ele espera que você faça ! abraço do seu amigo Nelsinho A. Quintanilho.

segunda-feira, 9 de abril de 2018

UMA PESCARIA INESQUECÍVEL



Ele tinha onze nos e, cada oportunidade que surgia, ia pescar no cais próximo ao chalé da família, numa ilha que ficava em meio a um lago.

A temporada de pesca só começaria no dia seguinte, mas pai e filho saíram no fim da tarde para pegar apenas peixes cuja captura ainda estava liberada.

O menino amarrou uma isca e começou a praticar arremessos, provocando ondulações coloridas na água. Quando o caniço vergou, ele soube que havia algo enorme do outro lado da linha. O pai olhava com admiração, enquanto o garoto habilmente, e com muito cuidado erguia o peixe exausto da água. Era o maior que já tinha visto, porém sua pesca estava proibida até o dia seguinte.

O garoto e o pai olharam para o peixe, tão bonito. O pai, então, acendeu um fósforo e olhou para o relógio. Eram dez da noite, faltavam apenas duas horas para a abertura da temporada.

Em seguida, olhou para o peixe e depois para o menino, dizendo:
– Você tem que devolvê-lo, filho!
– Mas, pai… reclamou o menino.
– Você pega outro depois, filho.
– Não tão grande quanto este, choramingou a criança.

O garoto olhou em volta do lago. Não havia outros pescadores ou embarcações à vista.

Voltou novamente o olhar para o pai. Mesmo sem ninguém por perto, sabia, pela firmeza em sua voz, que a decisão era inegociável.

Devagar, tirou o anzol da boca do enorme peixe e o devolveu à água. O peixe movimentou rapidamente o corpo e desapareceu. E, naquele momento o menino teve certeza de que jamais veria um peixe tão grande.

Isso aconteceu há trinta e quatro anos, Hoje, o garoto é um arquiteto bem-sucedido. O chalé continua lá, na ilha em meio ao lago, e ele leva seus filhos para pescar no mesmo cais.

Sua intuição estava correta. Nunca mais conseguiu pescar um peixe tão maravilhoso como aquele. Porém, sempre vê o mesmo peixe repetidamente todas as vezes que depara com uma questão ética. Porque, como o pai lhe ensinou, a ética é simplesmente uma questão de certo e errado. Agir corretamente, quando se está sendo observado, é uma coisa. A ética, porém, está em agir corretamente quando ninguém está nos vendo. Essa conduta reta só é possível quando, desde criança, aprendeu-se a devolver o PEIXE À ÁGUA.

A história valoriza não como se consegue ludibriar as regras, mas como, dentro delas, é possível fazer a coisa certa.

Uma pescaria inesquecível!

Autor desconhecido
Fonte: Lísia Freitas Carvalho.

quinta-feira, 5 de abril de 2018

Palestra Caminho Santo.



"E ali haverá bom caminho, caminho que se chamará o Caminho Santo; o imundo não passará por ele, pois será somente para o seu povo; quem quer que por ele caminhe não errará, nem mesmo o louco."  Isaías 35-8

DOIS PONTOS: 
1° Pessoas que erram por não saber o que é certo. "Muitas vezes só percebemos que tomamos o caminho errado quando já percorremos uma boa parte dele, ou até mesmo, quando nos prejudicamos..."

2° Pessoas que erram por orgulho de não fazer o que é certo. "Muitos sabem que suas atitudes e comportamentos foram errados, mas não perdoam, elas (eles) são orgulhosos(a)."

Nossa vida é feita de escolhas desde o nascimento até a morte. Tudo envolve escolhas, por isso devemos trilhar o caminho certo.

Jesus disse: Eu sou o caminho a verdade e a vida! 
João. 14-6


Palestra Caminho Santo. Terapia do Amor.

terça-feira, 3 de abril de 2018

Pare de Reclamar ! Aprenda a valorizar o que tem !


Um grupo de pastores, obreiros, enfim, servos de Deus, foram visitar um presídio, dar atenção aos detentos, falar do Amor de Deus para Eles. Mateus 25; 35 ao 41

Durante a visita, levaram além da palavra de Deus, um lanche e guaraná natural, nisso um pastor observa que um detento bebe lentamente aquele guaraná, de cabeça baixa, sem falar nada com ninguém. Logo o pastor se aproximou preocupado e perguntou se ele estava se sentindo mal, ou se o guaraná estava ruim. \Então ele deu uma resposta surpreendente! Não pastor, está ótimo ! estou bebendo devagar, pois estou aproveitando cada momento, saboreando, pois faz mais de 20 anos que não sei o que é beber um guaraná.

Lição para nós; Não espere chegar em uma situação igual ou pior do que esse detento chegou, para aprender a valorizar o que Deus tem feito por você. Pare de reclamar ! Afinal tem muitas pessoas em situações bem piores que a sua! valorize o que você tem ! Sua liberdade, sua família, seu casamentos, seus filhos, sua saúde, seu trabalho, sua oportunidade de cursar uma faculdade, as amizades que Deus ti deu, Enfim, pense na sua vida ! Que essa postagem, possa ti ajudar a analisar a sua vida, o seu interior e tudo a sua volta.

Um simples copinho de guaraná mudou o dia daquele homem e você hein ? quantos copos de guaraná serão necessários para que você comece a reclamar menos e valorizar mais a vida ? Pense... Pense... Pense... Que você não tenha que perder tudo... para aprender na dor, a dar valor até mesmo as coisas simples da vida, como um copo de guaraná.

abraço do seu amigo, Nelson A. Quintanilho

sábado, 31 de março de 2018

Vida e morte e vida



É noite de Natal e a família Hermanstorfer mal pode esperar para se sentar à mesa com todos os seus parentes. Para o casal Mike e Tracy este é um ano especial, pois eles aguardam a chegada de seu terceiro filho.

Quando a criançada já está reunida em torno da árvore de Natal, o bebê na barriga de repente resolve vir ao mundo. Felizes, todos correm para o hospital. Mas eles nem imaginam a tragédia que está prestes a acontecer.

No início, tudo parece normal: as contrações estão regulares e Tracy sabe o que fazer, pois já passou por 2 partos antes. Entretanto, complicações surgem repentinamente e os médicos correm de um lado para outro. Mike não sabe bem o que está acontecendo, mas logo percebe que a situação é grave. Pouco depois, ele ouve o apito penetrante e ininterrupto de uma máquina: o coração de Tracy parou de bater. 

Os médicos tentam de tudo para trazê-la de volta, mas nada parece funcionar. Os segundos se transformam em minutos e Mike não pode fazer nada a não ser esperar. Ele chora ao ver sua esposa pálida e sem vida. Após quatro tentativas, os médicos a declaram morta. Rapidamente, a equipe se volta agora para o bebê ainda dentro do útero. Sem o suporte da mãe, o menino morrerá sem oxigênio. O parto tem que se feito imediatamente.

O centro cirúrgico está cheio de máquinas que apitam por todo lado, mas Mike não consegue reagir. Fora de si de tristeza, ele observa os médicos abrindo a barriga de sua esposa morta. Quando o bebê é retirado, ele permanece mudo e imóvel. Todos na sala prendem a respiração por alguns segundos, esperando que ele chore. Entretanto, nada acontece. Os médicos demoraram muito para chegar até o menino e ele parece estar morto.

Sem saber o que fazer, as enfermeiras colocam o pequeno cadáver nos braços do pai. Mike parece anestesiado e tem um olhar perdido e distante. Ele não pode acreditar que isso esteja acontecendo. Mas, de repente, algo o acorda dos seus devaneios. Mike sente algo começar a se mover no seu colo: seu filho está se mexendo. Apesar de muito fraco, o bebê abre a boca e explode em um longo choro. Ele está vivo!!!!

De repente, um outro milagre acontece. Os médicos estavam se preparando para cobrir o corpo de Tracy e retirá-la do quarto, quando um barulho surge na máquina ainda plugada a seu corpo. O coração desta mãe voltou a bater! No início, os batimentos eram irregulares e fracos, mas foram se normalizando aos poucos. Ela então abre os olhos e observa todas as caras assustadas ao seu redor.

Os médicos não fazem ideia de como a mãe e a criança ressuscitaram, mas Mike não precisa de nenhuma explicação, tudo que importa é que ele pode outra vez abraçar sua esposa e seu filho recém-nascido.

Hoje em dia, o pequeno menino é um garotinho sapeca de 3 anos de idade. Mesmo após todo este tempo, os médicos ainda não conseguem explicar o que aconteceu naquela noite.

Para Mike e Tracy, este foi um verdadeiro milagre. A cada ano, eles celebram este evento incrível, juntamente com o Natal.

Se esta história inacreditável também te emocionou, compartilhe este artigo com todos os seus amigos. O mundo precisa de mais finais felizes!

quinta-feira, 29 de março de 2018

Dias de angústia em meio a tantas injustiças




Dias de angustia em meio a tantas injustiças. Medite então em Salmos 120:

1 NA minha angústia clamei ao Senhor, e me ouviu.

2 Senhor, livra a minha alma dos lábios mentirosos e da língua enganadora.

3 Que te será dado, ou que te será acrescentado, língua enganadora?

4 Flechas agudas do poderoso, com brasas vivas de zimbro.

5 Ai de mim, que peregrino em Meseque, e habito nas tendas de Quedar.

6 A minha alma bastante tempo habitou com os que detestam a paz.

7 Pacífico sou, mas quando eu falo já eles procuram a guerra.

IdepeIndepente do que veio contra você, tão somente creia e confia em Deus. Ele é poderoso pra mudar essa situação! Não importa o tamanho da injustiça não importa o tamanho do problema diante da Grandeza de Deus, não passam de cinzas... Não se preocupe mais com a lingua mentirosa, que a sua consciência seja o seu travisseiro. Que Deus ti abençoe e ti livre de toda maldade e que a Justiça d'Ele ti alcance também! Forte abraço Nelsinho A. Quintanilho

sábado, 24 de março de 2018

Alerta para os que se acham donos das ovelhas de Deus!



Refúgio negado 

“Uivai, pastores, e clamai; revolvei-vos na cinza, vós, donos dos rebanhos, porque já cumpriram os vossos dias de matardes e dispersardes, e vós mesmos caireis como jarros preciosos. Não haverá refúgio para os pastores, nem salvamento para os donos dos rebanhos.” Jeremias 25:34-35

Alerta para os que se acham donos das ovelhas de Deus: elas não lhes pertencem. São ovelhas dEle, preciosas para Ele e compradas com o Seu Sangue, na cruz do Calvário.

Cuidado! Arrependam-se de tais coisas que vêm omitindo. Pois as almas se encontram oprimidas e dispersadas, seguindo a ensinos errados, de pensamentos carnais e egoístas. Essas ovelhas tão amadas serão tiradas do seu domínio, salvas e guardadas no Alto Refúgio de Deus. Aos pastores rebeldes e mundanos, Ele diz que não encontrarão a salvação para suas almas.

Ester bezerra

terça-feira, 20 de março de 2018

Como orar quando não se tem vontade



Às vezes, nem eu sinto vontade de orar — e eu sou um bispo. É normal. O ser humano é muito inconstante. Um dia você sente que pode conquistar o mundo. No dia seguinte, você nem quer estar no mundo.

Sentimentos. Se vivermos por eles, estamos perdidos.

Graças a Deus há uma alternativa: Fazer o que temos que fazer, e não o que sentimos vontade de fazer.

Quando não sinto vontade orar, o que faço é o seguinte: oro assim mesmo! E observo que, assim como muitas coisas na vida, uma vez que você começa a fazer algo, o sentimento vem em seguida. Moção precede emoção. Às vezes eu não sinto vontade de comer. Mas quando começo, quero comer mais … Tive que começar a escrever este blog antes de sentir vontade de escrever. Eu odeio escrever. Mas adoro ter escrito.

Creio que você já pegou a ideia.

O principal é ter bem resolvido em sua cabeça que você absolutamente PRECISA orar. Não é uma opção. Claro que para muita gente é uma opção (porque eles não sabem o que estão perdendo), mas não para você. As consequências seriam muito piores do que o pequeno esforço que você faz para orar.

Talvez você não tem falado com Deus ultimamente. Não tem sentido vontade. Sem problema. Você está sozinho aí agora? Pode ir a algum lugar privado? Então pare de ler isso e faça uma oração. Dois minutos ou vinte — não importa. Diga o que você tem a dizer e pronto.

Depois volte aqui, e adicione seus comentários sobre como você se sentiu depois de fazer isso.

Vai. Agora! Ainda está aí?

Bp Renato Cardoso.