sexta-feira, 30 de dezembro de 2011

Ano novo, vida nova... ?



Essa é a esperança de todo o mundo. Inclusive, crentes em Jesus.
Mas será que o sentimento de esperança é suficiente para se ter uma vida nova no ano novo?

Para responder a essa pergunta basta voltar ao passado. Existiam as mesmas expectativas, nessa época, nos anos anteriores. As mesmas esperanças. E o que aconteceu? Nada. Para a maioria foi até pior.
Por quê?
Porque a vida nova não depende de sentimentos, mas da fé em ação. Como?
Voltemos aos tempos bíblicos.

Deus chamou Abraão para construir uma nação separada de todas as demais pagãs. Israel, neto de Abraão, multiplicou-se no Egito e tornou-se um povo numeroso. O Senhor o libertou da escravidão egípcia e dele constituiu uma nação forte e poderosa.
Mas, por conta de sua rebeldia, Israel voltou à condição espiritual de Jacó. Voltou à condição de escravo em terras estrangeiras.
A história se repete. Quando o povo está bem espiritualmente, há paz, saúde e prosperidade. Mas quando está mal com Deus, o diabo deita e rola.
Cerca de 100 anos haviam se passado desde seu regresso à Palestina. Mesmo assim, nos dias do profeta Malaquias, Jacó encontrava-se, espiritualmente, perdido. Seus sacerdotes viviam na corrupção e, por conseguinte, também o povo.
Desonestidade, infidelidade, casamentos mistos, divórcios, idolatrias, feitiçarias, adultérios, juramentos falsos, roubos, enfim, toda a sorte de injustiças era praticada.
E quando clamaram, o Senhor respondeu: “Eu não os destruo porque Eu, o Senhor, não mudo. Vocês se desviaram da Minha Lei…
Mas se vocês voltarem-se para Mim, então Eu me voltarei para vocês.
E vocês perguntam: Como voltaremos para Ti?”

Então, o Senhor dá a receita de uma vida nova no novo ano: Restabelecer a fidelidade nos dízimos e nas ofertas. Malaquias 3.6-12
Claro!
Nenhum casamento pode ser restabelecido sem o princípio da fidelidade conjugal. E o mesmo se aplica no restabelecimento de aliança com Deus.

Neste novo ano, comece agir com fidelidade para com Deus e teste a fidelidade dEle para com você.
Confira você mesmo se a Palavra dEle é verdadeira ou falsa!
Dízimos representam fidelidade. São um sinal de parceria com Deus.

Quando Lhe somos fiéis, Ele é obrigado a corresponder. Por isso Ele promete repreender o amaldiçoador.
Quem quiser vida nova tem de começar ser fiel a Deus com seus dízimos. Do contrário, vai continuar na esperança até a morte.
Há um ditado que diz: manda quem pode; obedece quem tem juízo.
Pense nisto!

terça-feira, 27 de dezembro de 2011

Quem nunca si deparou com as vontades do coração...



Ao homem pertencem os planos do coração; mas a resposta da língua é do Senhor. Provérbios 16:1
    As vezes agente quer tanto uma coisa e esquece de buscar a vontade de Deus pra nossa vida. Será que o que queremos é realmente vontade Dele pra nós? Nos fará bem?
Será de proveito? Acrescentará algo na nossa vida?Futuramente , será mesmo bom?
   Agente vê o aqui , o agora, Ele vê lá na frente .Devemos sim e esperar em Deus, tirar as ansiedades do coração , e crer que Deus tem o melhor preparado para nós.

sábado, 24 de dezembro de 2011

Estou seguindo na direção certa...?


Pensava que estava tomando a direção certa, fiz escolhas e essas escolhas não eram as melhores; e agora não estou colhendo os frutos que esperava em relação a uma benção.

Não posso culpar a Deus por não ter alcançado a benção que tanto esperava, segui uma direção que não era a de Deus, talvez segui a minha direção ou a direção da ansiedade; s
ó não foi a de Deus pois a direção de Deus sempre leva para a conquista verdadeira.

Quando a pessoa não segue a direção de Deus para determinada situação, ela nada, nada e continua no razo.
Por mais que se esforce não vai chegar aonde deseja porque seguia uma idéia que não era a de Deus e por isso não deu certo.

 Se o seu desejo era recomeçar e fazer algo diferente por ter feito de forma errada, peça uma nova direção a Deus.
Não fique chorando o leite derramado o que foi feito não pode voltar a trás, mais você pode fazer uma nova coisa de forma diferente. E essa forma diferente é a direção de Deus.

 Busque a direção de Deus em tudo que for fazer; o que parece bom aos seus olhos naturais pode se tornar frustrante depois.
É melhor confiar em Deus e segui a idéia certa, a idéia que vem de Deus pra sua vida.
Realmente e verdade quantas vezes nós tomamos a direção errada agimos pelos sentimentos e pelas emoções...
Poque não pedimos a direção a Deus..
E muitas das vezes pensamos que fizemos a coisa certa mas não, sabe porque disso, agimos por impulso, sentimentos,
ai depois de um tempo vem as consequêcias de que agimos errados por simplesmente fazer aquilo que agente achava que era a direção de Deus, mas não porque a direção de Deus nos levar a conquistas e a vitorias. Pense nisso..

quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

Por que o seu defeito é sempre do outro?



Por que o seu defeito é sempre do outro?
Quando o outro não faz, é preguiçoso.
Quando você não faz, está muito ocupado.
Quando o outro fala, é intrigante.
Quando você fala, é crítica construtiva.
Quando o outro se decide a favor de um ponto, é cabeça dura.
Quando você faz o mesmo, está sendo firme.
Quando o outro não cumprimenta, é mascarado.
Quando você passa sem cumprimentar, é apenas distraído.
Quando o outro fala de si mesmo é egoísta.
Quando você faz isso, é porque precisa desabafar.
Quando o outro se esforça para ser agradável, tem uma segunda intenção.
Quando você age assim, é gentil.
Quando o outro faz alguma coisa sem ordem, está excedendo.
Quando você faz, é iniciativa.
Quando o outro progride, teve oportunidade.
Quando você progride, é fruto de muito trabalho.
Quando o outro luta pelos seus direitos, é teimoso.
Quando você faz, é prova de caráter.
Quando o outro encara os dois lados do problema, está sendo fraco.
Quando você o faz, está sendo compreensivo.
Vigie os seus pensamentos, porque eles se tornarão palavras.
Vigie as palavras, porque se tornarão atos.
Vigie os seus pensamentos, porque eles se tornarão seus hábitos e seu caráter.
Vigie seu caráter, porque ele será o seu destino.

segunda-feira, 19 de dezembro de 2011

O rei e suas 4 esposas...


Era uma vez um rei que tinha 4 esposas.
Ele amava a 4ª esposa demais, e vivia dando-lhe lindos presentes, jóias e roupas caras. Ele dava-lhe de tudo e sempre do melhor.

Ele também amava muito sua 3ª esposa, e gostava de exibi-la aos reinados vizinhos.
Contudo, ele tinha medo que, um dia, ela o deixasse por outro rei.

Ele também amava sua 2ª esposa.
Ela era sua confidente e estava sempre pronta para ele, com amabilidade e paciência. Sempre que o rei tinha de enfrentar um problema, ele confiava nela para atravessar esses tempos de dificuldade.

A 1ª esposa era uma parceira muito leal e fazia tudo que estava ao seu alcance para mantê-lo muito rico e poderoso, o rei e o reino.
Mas ele não amava a 1ª esposa, e apesar dela o amar profundamente, ele mal tomava conhecimento dela.

Um dia, o rei caiu doente e percebeu que seu fim estava próximo.
Ele pensou em toda a luxúria da sua vida e ponderou:

— É, agora eu tenho 4 esposas comigo, mas quando eu morrer, com quantas poderei contar?

Então, ele perguntou à 4ª esposa:
— Eu te amei tanto, querida, te cobri das mais finas roupas e jóias. Mostrei o quanto eu te amava cuidando bem de você. Agora que eu estou morrendo, você é capaz de morrer comigo, para não me deixar sozinho?

— De jeito nenhum! - respondeu a 4ª esposa, e saiu do quarto sem sequer olhar para trás.

A resposta que ela deu cortou o coração dele como se fosse uma faca afiada.
Tristemente, o rei perguntou para a 3ª esposa:

— Eu também te amei tanto a vida inteira. Agora que eu estou morrendo, você é capaz de morrer comigo para não me deixar sozinho?
— Não!!! - respondeu a 3ª esposa. A vida é boa demais! Quando você morrer, eu vou é casar de novo.

O coração do rei sangrou e gelou de tanta dor.
Ele perguntou à 2ª esposa:

— Eu sempre recorri a você quando precisei de ajuda, e você sempre esteve ao meu lado. Quando eu morrer, você será capaz de morrer comigo para me fazer companhia?

— Sinto muito, mas desta vez eu não posso fazer o que você me pede, respondeu a 2ª esposa. O máximo que eu posso fazer é enterrar você!

Essa resposta veio como um trovão na cabeça do rei, e mais uma vez ele ficou arrasado.

Daí, então, uma voz se fez ouvir:
— Eu partirei com você e o seguirei por onde você for...
O rei levantou os olhos e lá estava a sua 1ª esposa, tão magrinha, tão mal nutrida, tão sofrida...

Com o coração partido, o rei falou:
— Eu deveria ter cuidado muito melhor de você enquanto eu ainda podia...

Na verdade, todos nós temos 4 esposas nas nossas vidas...

Nossa 4ª esposa é o nosso corpo.
Apesar de todos os esforços que fazemos para mantê-lo saudável e bonito, ele nos deixará quando morrermos.

Nossa 3ª esposa são as nossas posses, propriedades e riquezas. Quando morremos, tudo isso vai para os outros.

Nossa 2ª esposa é a família e amigos. Apesar de nos amarem muito e estarem sempre nos apoiando, o máximo que eles podem fazer é nos enterrar.

E nossa 1ª esposa é a nossa ALMA, muitas vezes deixada de lado por perseguirmos, durante a vida toda, a Riqueza, o Poder e os Prazeres do nosso Ego.

Apesar de tudo, nossa Alma é a única coisa que sempre irá conosco, não importa aonde formos...

Então,
Cultive...
Fortaleça...
Bendiga...
Enobreça sua alma, agora!

É o maior presente que podemos dar aos que nos rodeiam e a nós mesmos.
Deixe-a brilhar, por meio do perdão que Deus nos dá no Senhor Jesus!

Bispo Julio freitas.

quinta-feira, 15 de dezembro de 2011

Comparação entre o ser humano e um animal... parte 1


Talvez você veio ler essa postagem pra entender o porque do titulo...
Então a semelhança do ser humano com o animal porco pode ser dada da seguinte forma: O porco é um animal que todos conhecemos que vive em meio a sujeira, si caso o dono ou dona quiser dar um banho no mesmo, tirar ele do ambiente sujo... ele por um tempo até resiste em ficar limpinho e cheiroso em uma ambiente limpo, mas é questão de tempo para que ele torne a voltar para a sujeira... apesar do bem que lhe fizeram ele não reconhece e torna a voltar para a imundice de outrora... Agora o ser humano tem a mesma mania veja bem; a pessoa estava no mundo sofrendo chorado gemendo em meio as sujeiras e imundices que apenas enganam, mas na verdade não trazem felicidade então ela ou ele permite que o Senhor Jesus faça uma limpeza troque suas vestes e passa a habitar em ambiente limpo... que é a casa de Deus (igreja) só que temos visto que a pessoa assim como porco esquece de onde veio... como por exemplo a sujeira... o sofrimento... a humilhação... e etc... e a palavra de Deus pra complementar diz assim;  O cão voltou ao seu próprio vômito, e a porca lavada ao espojadouro de lama.2 Pedro 2:22 Então será que você tem sido como esse porco ? ou até mesmo o cão que voltou a vomito ? imagina a cena nesse momento ? me diz é possível alguém comer o próprio vomito e ainda si sentir bem ? até porque tudo que o corpo joga pra fora é porque estar fazendo mal, e estar em excesso. Então assim acontece com aqueles que si afastam de Deus, eles voltam ao vomito, voltam pra lama, entre outras expressões que poderiam ser usadas agora uma pergunta fica no ar... si um dia você si agarrou com aquele que ti limpou porque disse que estava cansado(a) de sofrer por que escolheu voltar para o mesmo estado de antes? faça essa pergunta a sí mesmo... você ainda tem quem ti tire da lama, mas uma hora não terá mais... lembra quantas vezes jurou amor a Ele ? jurou fidelidade? disse ser grato(a) por aquilo que Ele fez por você ? Ele te ama tanta que faria tudo outra vez agora bastar você ser humilde e querer ser limpo por Ele novamente... e o nome d'Ele é JESUS. 


by Nelsinho






terça-feira, 13 de dezembro de 2011

Felicidade existe ?



Já viu alguém correndo atrás do vento? Imagine uma infinidade de baratas tontas!
Pois é. Assim caminha a humanidade.

Todos, numa busca frenética, têm colocado toda a sua força na conquista da felicidade.
Os fortes atropelando os fracos para a posse mais rápida.

A maioria pobre, se deixando levar pelo vento da "sorte", diz: quem sabe um dia minha vida muda? E vão levando de esperança em esperança.

Os enfermos buscam na cura física a felicidade. Para os tais, a saúde é o mais importante.
Outros acreditam que a felicidade está na realização profissional. Para os tais, o dinheiro é a alma da felicidade.

E para os solitários ou frustrados no amor a felicidade está no encontro de sua outra metade. E daí, se rendem às aventuras amorosas como um jogo de loteria. De qualquer jeito, tentam a sorte no amor para serem felizes.

Porém, todos, sem exceção, têm se perdido em suas buscas. Quanto mais se mexem nas buscas, mais se afundam na areia movediça deste mundo. Ao ponto de questionarem a existência da felicidade, como os ateus o fazem em relação à existência de Deus.

Se existe felicidade, então onde e como alcançá-la?
Quem pode me responder? Questionam os infelizes...

Para se alcançar a felicidade, antes é preciso tomar posse da vida. Mortos não têm direito à felicidade. Enquanto a pessoa estiver espiritualmente morta nos seus delitos e pecados, como alcançar a felicidade? Impossível.

Primeiro, ela precisa ressuscitar. E para tanto, ela tem que buscar o Autor da vida.

O Senhor Jesus disse:
“Eu sou a ressurreição e a vida. Quem crê em Mim, ainda que esteja morto, viverá.” João 11.25.

Crer no sentido de entregar-se de corpo, alma e espírito.
A partir dessa entrega incondicional, ela recebe vida. E então, terá o direito à felicidade tão sonhada.

Quem for humilde suficiente, para submeter-se e temê-Lo, herdará riquezas, e honra, e vida. Provérbios 22.4
Ou seja: será feliz na Terra.

O jejum de 21 dias de Daniel é a grande oportunidade para os, literalmente, infelizes. A partir deste domingo - 11/12/11 - quem quiser reservar os últimos 21 dias de 2011 para se isolar de toda e qualquer informação secular em tevê, rádio, internet, revistas, jornais, esportes, entretenimento, enfim, jejum audiovisual total.

Será feita uma faxina no coração e na mente de toda a bagagem inútil que este mundo oferece. Reservando-nos apenas às informações relativas à Palavra de Deus - a Bíblia Sagrada.

Então, no decorrer deste jejum, o Espírito de Deus será derramado conforme Sua promessa em Joel 2.13-19.
Deus, na Pessoa do Espírito Santo, abra o entendimento de todos os que creem.

quinta-feira, 8 de dezembro de 2011

Julgamento precipitado


O carteiro ao selecionar as cartas por endereço, encontrou uma muito estranha, estava endereçada assim:
Para Deus, Rua da Eternidade, Jardim do Céu, Cidade Paraíso.
O carteiro muito intrigado levou a seu chefe, que chamou outros carteiros como testemunha e abriu o envelope. Dentro estava escrito o seguinte:
"Querido Deus, eu estou com problemas muito sérios e preciso que me mande 300,00 reais. Pois estou com o aluguel atrasado e vou ser despejado, minha esposa esta de cama e eu não tenho dinheiro para o remédio, meu filho caiu da árvore e quebrou as duas pernas, e eu estou desempregado, por isso estou pedindo-lhe que mande 300,00 reais para amenizar um pouco a minha situação".
O pessoal do correio, compadecido de sua situação resolveram fazer uma coleta, e arrecadaram 250,00 reais e levaram a casa deste homem.
–Te falei mulher que Deus ia atender nosso pedido, aqui esta o dinheiro que Ele mandou.
Então ele contou e recontou o dinheiro, foi até a sua sala, ajoelhou e disse.
- Obrigado meu Deus por ter atendido a minha oração, mas eu vou te pedir um favor especial, quando o Senhor atender outra oração minha, mande um cheque nominal a mim, pois o pessoal do correio roubou 50,00 reais.


***
Assim é nossa vida, muitas vezes julgamos sem ter total conhecimento do caso, julgamos pela aparência, pelo que achamos e não pela verdade dos fatos.
Quantas vezes já fomos injustos, já julgamos sem ter este direito.
Pense nisto, Jesus é a única fonte de amor, por isso devemos amar as pessoas e não julgá-las, devemos olhar par eles com desejo de ajudá-las e não de condená-las.
Quando uma pessoa cair no buraco em vez de dizermos "Eu te disse..." , estenda a mão e ajude ela a sair.
Como o mundo seria melhor, se não julgássemos as pessoas e sempre ajudássemos a sair dos buracos que entram.

terça-feira, 6 de dezembro de 2011

QUAL TEM SIDO SEU ALIMENTO DIÁRIO?



“E, entretanto os seus discípulos lhe rogaram, dizendo: Rabi, come. Ele, porém, lhes disse: Uma comida tenho para comer, que vós não conheceis.
Então os discípulos diziam uns aos outros: Trouxe-lhe, porventura, alguém algo de comer? Jesus disse-lhes: A minha comida é fazer a vontade daquele que me enviou, e realizar a sua obra.” João 4.31-34
Uma das razões do fracasso de muitos obreiros está na sua comida, ou seja, do que têm se alimentado.
Observe a qualidade do alimento de Senhor Jesus.
Em primeiro lugar, Ele se alimentava de fazer a vontade "daquele que o enviou". Esse é o feijão com arroz do evangelho, é a base que faz uma pessoa suportar o peso das lutas, tribulações, perseguições e calúnias que ela passará, inclusive quando estiver fazendo a obra de Deus.

Fazer a vontade de Deus nada mais é do que sacrificar a sua vontade, obedecendo a Palavra nas coisas mais básicas do seu dia-a-dia.
O relacionamento com Deus inclui jejuns, meditação diária da Bíblia e oração a todo tempo, às vezes até sem palavras, mas em pensamentos, buscando sempre saber qual é "a boa, perfeita e agradável vontade de Deus" para sua vida. Além de uma vigilância constante no que se fala, ouve, vê, pensa e sente.
Este é o alimento mais nutritivo que um ser humano pode ter para crescer espiritualmente saudável.
Em segundo lugar, o Senhor Jesus se alimentava de “realizar as obras do Pai”. Ele manifestava a fé com força total, curando libertando e anunciando as boas novas do reino dos céus.
Foi assim no início do ministério de muitos obreiros. Estavam fortes, saudáveis e prontos para a boa obra, mas com tempo começaram a se alimentar apenas com a prática das obras e não com a vontade de Deus, com isso foram se enfraquecendo e acabaram caindo pelo caminho.
Visto que, se não alimentarmos o nosso corpo ficaremos sujeito a todo tipo de doenças, e assim também com o nosso espírito, sem o alimento necessário ele estará sujeito aos demônios. Não é isso que temos visto nos últimos dias?
ATENÇÃO! A PERGUNTA É:
QUAL TEM SIDO SEU ALIMENTO DIÁRIO?    

sábado, 3 de dezembro de 2011

Mudar...??? só sí for pra melhor...!!!



Não podemos deixar que o egoísmo dos outros venham nos contaminar,que as atitudes negativas dos outros venham influenciar as nossas.
Não podemos mudar nossas atitudes ,quem somos,nosso caráter .
Não podemos deixar de estender as mãos , porque nos viraram as costas, ou deixaram de nos estender as mãos ;por puro egoísmo.
Não podemos nos tornar insensíveis ,porque fomos tratadas com indiferença .

Temos que tomar o nosso Deus como exemplo, que mesmo diante da infidelidade do homem, não deixa de ser FIEL.

Se somos infiéis, Ele permanece fiel; porque não pode negar-se a si mesmo.II Timóteo 13.
Se mudarmos nossas atitudes,pagarmos o mal com mal,ficarmos indiferente.Com certeza o únicos prejudicados seremos nós mesmos.E se agirmos da mesma forma quem vai perder somos nós.
Não podemos pagar com a mesma moeda ,temos que ser a luz em meio as trevas.
Mudança sim...só para melhor ... Sempre!