segunda-feira, 27 de junho de 2016

Operação mãos limpas.


Uma das personagens mais intrigantes de William Shakespeare é Lady MacBeth.
Ao ouvir uma profecia que dizia que o seu marido se tornaria rei, ela o convenceu a assassinar o monarca então vigente.
Quando o ato sangrento foi levado a cabo, Macbeth ficou de consciência pesada. A esposa censurou a sua irritabilidade e ajudou-o a encobrir o crime.
O marido foi coroado rei. Mas isso não foi o fim da história. A resolução inicial de Lady MacBeth transformou-se em remorso. Ela tornou-se mentalmente instável e não conseguia parar de lavar as mãos. – Será que estas mãos nunca estarão limpas, perguntava ela. E a sua culpa acabou por levá-la ao suicídio. 
A culpa é uma emoção que nos verga sempre que atravessamos uma fronteira moral.
Todos nós somos capazes de nos sentirmos culpados, quando violamos a lei de Deus escrita nos nossos corações (Romanos 2:14-15).

quarta-feira, 22 de junho de 2016

Quem deseja ser : Cão ou Leão ?



Não é de hoje que o mundo tem nos ensinado a ser valente e jamais levar  desaforo pra casa,e  aquela velha expressão " o mundo é dos espertos" , tem nos moldado a isso e nos preparado para aparentemente "vencer na vida", usando esse discurso com lema.

Porém o lema de Deus não compactua com isso, é totalmente oposto: 

"porque melhor é o cão vivo do que o leão morto" ( Eclesiastes 9.4 ) 

Mas o que o cão e o leão tem haver com a sua vida?! Vejamos:

As características naturais do cão, consistem em : ser dócil, fiel, coração puro, amigo, amoroso, prestativo, companheiro e bobo. Já o leão possui uma natureza completamente oposta : é agressivo, vingativo, anti social, bruto, selvagem e completamente esperto/sagaz, já que é o melhor da floresta. Porém ainda assim com tantas características favoráveis ao leão a bíblia insiste em dizer  que o cão tem vantagem sobre ele, pois ele vive e o leão morre. 

Essa vida e morte que fala acima, se manifesta no sentido figurado , no sentido espiritual e não físico. Então esse versículo se resume em exatamente isso : é melhor se bobo aos olhos do mundo e ser salvo , do que ser esperto e descolado para o mundo e ir para o inferno. Simples não ? Mas a prática não funciona tão fácil assim. 

Quantas vezes você fez algo que não queria para sentir parte de um grupo ? Bebeu, saiu com meninas(os), usou drogas, foi a boate, mentiu para seus pais, traiu seu esposo (a), dormiu com seu namorado(o), matou aula, roubou, se prostituiu, fez uma tatuagem, colocou piercing ... Enfim são inúmeras coisas ruins que um ser humano pode vir a fazer para poder ser "aceito" pelos seus amigos e se tornar uma pessoa descolada. O problema é que tudo isso só vai te levar a um único caminho: o inferno! 

Toda vez que você age como o mundo espera , você é aceito por ele , e se torna o esperto que todos esperam. Ou seja, se torna o leão da história: Agressivo ( de jeito nenhum leva desaforo pra casa), Vingativo ( paga na mesma moeda o que fazem com você), Antissocial ( quem quiser minha companhia que me procure ), Bruto ( é muito "sincero" e machuca as pessoas com a sua forma de falar ), Selvagem ( Segue todos os seus instintos, ou seja segue tudo o que seu coração manda,  tudo que tem vontade de fazer , tudo que te dá na "telha"). 

Porém todas essas características só te darão "vantagens" em vida e depois que você morrer , o que adiantou tanta sagacidade? 

Por isso aqui vai um conselho, é muito melhor ser tachado de bobo pelo mundo , porque você não age da forma que o mundo quer , do que ser esperto por toda a sua vida e depois que ela acabar, ir para o inferno. Nem o leão em toda a sua força e esperteza , consegue vencer a morte, na hora que ela chega, e porque você venceria? 

Quem é leão se isola do que é bom , pois sua natureza não permite viver em sociedade. Ou você já viu um leão passeando pelas ruas livre? O cão é aceito onde ele estiver , não carrega malícia em sua alma, ama seu dono de todo os seu coração e jamais poupa esforços para agradá-lo. Por isso caminha livre pelas ruas , convivendo em sociedade. 

Por isso é esse exemplo que você deve seguir: seja Fiel ( Não abandone jamais a Deus ), Dócil ( tenha amor pelas pessoas e seja gentil ), amigo ( conviva com as pessoas e descubra o quão precioso é poder contar com alguém ) , prestativo ( se preocupe menos com o seu próprio umbigo e se interesse em ajudar o seu próximo ) , companheiro ( seja amigo de Deus , ande sempre com Ele ) e bobo ( não aceite o que o mundo te oferecer por popularidade e nem para ser aceito , ainda que te chamem de bobo, não abandone o que acredita por isso ) . Se você analisar  bem, todo mundo que possui essas características , é considerado bobo pela maioria das pessoas. Mas saiba , que são delas que é feito o Reino dos céus : de "bobos" para o mundo e verdadeiros cristãos para Deus.

"Porque o reino de Deus não é comida nem bebida, mas justiça, e paz, e alegria no Espírito Santo."
(Romanos 14:17)

E aí , o que você quer ser a partir de hoje ? A escolha é sua , só não esqueça que seja qual caminho escolher , depois de sua morte ( ou as vezes até antes dela ) vai colher as consequências

Leão ou cão ? Você decide!  


Colaborou: Mara Cristina 

segunda-feira, 20 de junho de 2016

Uma vez selado pelo Espírito Santo o cristão perde o interesse por projetos pessoais e engaja-se na Obra de Deus




O batismo no ou com o Espírito Santo é o mesmo e, de certo modo, é similar ao batismo nas águas por imersão. Como a imersão nas águas faz encharcar todo o corpo exterior, assim também o batismo no Espírito Santo faz inundar todo o corpo interior com a poderosa presença do Criador.
Pastor, candidato e água são os três componentes necessários e imprescindíveis para a realização do batismo nas águas. Em relação ao batismo no Espírito Santo, o pastor é substituído pelo Senhor Jesus e o Espírito de Deus substitui as águas, só o candidato é o mesmo.
O batismo no Espírito Santo é obra exclusiva do Senhor Jesus Cristo (Mateus 3.11; Lucas 3.16) àqueles que estão na condição de Seus servos.
A experiência do batismo nas águas, quando válida, é semelhante à do batismo no Espírito Santo. Obviamente, os efeitos práticos são distintos, mas a sensação espiritual e emocional vivida naquele momento é inexplicável. Envolve o livramento da carga pesada do passado, e dá liberdade total na presença do Altíssimo.
O batismo, em geral, trata de sepultamento. Nas águas, tipifica sepultamento espiritual da natureza adâmica; no Espírito Santo, o batismo trata de imersão total na vontade de Deus, ou seja, do sepultamento dos projetos pessoais em função dos de Deus.
Também chamado de selo do Espírito Santo (Efésios 1.13), esse batismo não tem o objetivo santificar mais o cristão, mas capacitá-lo como verdadeiro instrumento do Espírito de Deus, na realização de Sua Obra, conforme a profecia:
"O Espírito do Senhor está sobre mim, pelo que me ungiu para evangelizar os pobres; enviou-me para proclamar libertação aos cativos e restauração da vista aos cegos, para pôr em liberdade os oprimidos, e apregoar o ano aceitável do Senhor" (Lucas 4.18,19; Isaías 61.1).
Deus é Espírito. Mas, para realizar coisas grandes e maravilhosas neste mundo, Ele precisa de corpos materiais para manifestar a Sua vontade. E, quando um servo permite, o Espírito Santo toma posse de seu ser e por meio dele manifesta a Sua glória. Portanto, a unção do Espírito Santo é primeiramente direcionada em benefício de terceiros.
Vale lembrar que, uma vez selado no Espírito Santo, o cristão perde totalmente o interesse por seus projetos pessoais e, de uma forma ou de outra, engaja-se na Obra de Deus, seja no altar, seja no átrio. Porém, jamais fica apático, nem em cima do muro, pensando o que fazer da vida, ao contrário, segue a direção do Espírito como está escrito:
"O vento sopra onde quer, ouves a sua voz, mas não sabes donde vem, nem para onde vai; assim é todo o que é nascido do Espírito." João 3.8
(*) Texto extraído do livro "Mensagens do bispo Macedo"

sexta-feira, 17 de junho de 2016

Da morte a Vida !



Vocês estavam mortos em suas transgressões e pecados,
nos quais costumavam viver, quando seguiam a presente ordem deste mundo e o príncipe do poder do ar, o espírito que agora está atuando nos que vivem na desobediência.
Anteriormente, todos nós também vivíamos entre eles, satisfazendo as vontades da nossa carne, seguindo os seus desejos e pensamentos. Como os outros, éramos por natureza merecedores da ira.
Todavia, Deus, que é rico em misericórdia, pelo grande amor com que nos amou,
deu-nos vida juntamente com Cristo, quando ainda estávamos mortos em transgressões — pela graça vocês são salvos.
Deus nos ressuscitou com Cristo e com ele nos fez assentar nos lugares celestiais em Cristo Jesus,
para mostrar, nas eras que hão de vir, a incomparável riqueza de sua graça, demonstrada em sua bondade para conosco em Cristo Jesus.
Pois vocês são salvos pela graça, por meio da fé, e isto não vem de vocês, é dom de Deus;
não por obras, para que ninguém se glorie.
Porque somos criação de Deus realizada em Cristo Jesus para fazermos boas obras, as quais Deus preparou de antemão para que nós as praticássemos.
Portanto, lembrem-se de que anteriormente vocês eram gentios por nascimento e chamados incircuncisão pelos que se chamam circuncisão, feita no corpo por mãos humanas, e que
naquela época vocês estavam sem Cristo, separados da comunidade de Israel, sendo estrangeiros quanto às alianças da promessa, sem esperança e sem Deus no mundo.
Mas agora, em Cristo Jesus, vocês, que antes estavam longe, foram aproximados mediante o sangue de Cristo.
Pois ele é a nossa paz, o qual de ambos fez um e destruiu a barreira, o muro de inimizade,
anulando em seu corpo a lei dos mandamentos expressa em ordenanças. O objetivo dele era criar em si mesmo, dos dois, um novo homem, fazendo a paz,
e reconciliar com Deus os dois em um corpo, por meio da cruz, pela qual ele destruiu a inimizade.
Ele veio e anunciou paz a vocês que estavam longe e paz aos que estavam perto,
pois por meio dele tanto nós como vocês temos acesso ao Pai, por um só Espírito.
Portanto, vocês já não são estrangeiros nem forasteiros, mas concidadãos dos santos e membros da família de Deus,
edificados sobre o fundamento dos apóstolos e dos profetas, tendo Jesus Cristo como pedra angular,
no qual todo o edifício é ajustado e cresce para tornar-se um santuário santo no Senhor.
Nele vocês também estão sendo juntamente edificados, para se tornarem morada de Deus por seu Espírito.
Efésios 2:1-22

quarta-feira, 15 de junho de 2016

Não se esconda atrás de obrigações


Não tente enganar a Deus


Um certo Ananias e sua esposa, Safira, tentaram enganar a Deus. Vendo que outros vendiam os seus pertences e doavam aos apóstolos para distribuírem entre os que mais necessitavam, o casal quis também ser beneficiado diante de Deus, mas fazendo as coisas conforme lhe era mais conveniente:
Vendeu uma propriedade, E reteve parte do preço, sabendo-o também sua mulher; e, levando uma parte, a depositou aos pés dos apóstolos.” Atos 5.1,2
Questionados sobre o valor da propriedade vendida, Ananias e Safira alegaram ser o mesmo que estavam doando. Ou seja, quiseram mentir para Deus, obter a Graça alcançada por outros que doaram tudo o que tinham.
Pedro, o apóstolo que tomava a frente naquela situação, soube no mesmo momento o que se passava:
Ananias, por que encheu Satanás o teu coração, para que mentisses ao Espírito Santo, e retivesses parte do preço da herdade? Guardando-a não ficava para ti? E, vendida, não estava em teu poder? Por que formaste este desígnio em teu coração? Não mentiste aos homens, mas a Deus.” Atos 5.3,4
E ali mesmo, tanto o mentiroso quanto a mentirosa expiraram.
Por que mentir?
Ananias e sua esposa se dispuseram a dar sacrifício para Deus. Conforme o próprio Pedro disse, eles poderiam ter permanecido com a sua propriedade, ou mesmo vendido e ficado com o dinheiro para si. Nem Deus nem os Seus obreiros obrigaram o casal a fazer qualquer doação. Por que então mentiram?
“Eles queriam demonstrar uma coisa que não eram”, afirma o bispo Júlio Freitas, em seu blog. “Quer dizer, existia hipocrisia, falsidade e religiosidade.”
Muitas pessoas, ainda hoje, se escondem atrás de obrigações para fingirem ser quem não são. De acordo com o bispo, elas fazem as suas ofertas, evangelizam, leem a Bíblia, mas sempre de sua própria maneira, não conforme a Palavra indica. Fazem a contragosto ou “quando têm um tempo livre”. Acreditam que mesmo dessa maneira obterão os favores de Deus. Mas Ele não precisa desse tipo de atitude.

“Por isso, não tente comprar as coisas de Deus, nem fazer as coisas do seu jeito, nem O tente enganar, porque Ele não precisa de nada”, afirma o bispo.
Ao contrário, quem precisa dEle é o homem, por isso é necessário que esse vença a sua hipocrisia, o seu orgulho, o seu desânimo, a sua dúvida. É necessário entregar-se totalmente na fé.
“O casal bíblico tinha necessidade disso? Não. Porque nós não somos obrigados a nada. Mas se formos fazer as coisas para Deus, essas têm que ser feitas com temor, fé, devoção e carinho, e não por imposição ou obrigação, porque Deus ama o doador alegre”, conclui o bispo Júlio.

sábado, 11 de junho de 2016

Deus exigiu de Abraão 3 tipos de sacrifício. Saiba quais são



Quando Deus chama alguém para tornar-se Seu parceiro, é para transformá-lo em uma verdadeira bênção neste mundo perdido. E significa que esse alguém será tão abençoado quanto Abraão e um referencial da Sua glória para todas as gerações. Mas a parceria com Deus envolve muito mais do que simplesmente dizer "eu aceito Jesus como Salvador". A parceria com Deus exige o sacrifício da entrega total e incondicional, a exemplo de Abraão.
Obviamente, uma parceria com Deus não é constituída sobre os mesmos termos que as dos seres humanos. As desse tipo também têm as suas regras, mas essas nunca são incondicionais. Nem nos casamentos nem nas sociedades em geral as alianças são incondicionais, porque o ser humano é falho. Mas, quando o pacto é feito entre o ser humano e Deus, não pode ser condicional, pois é tudo por tudo. É tudo de Deus por tudo do ser humano. É o termo estabelecido pelo Senhor.
Observam-se 3 tipos de sacrifício exigidos por Deus no pacto feito com Abraão:
Primeiro: sair da própria terra. Isso era muito raro naqueles dias. Somente os fugitivos ou os fracassados deixavam tudo para trás e se aventuravam numa nova terra. Significava renunciar a todo o patrimônio imobiliário.
Segundo: deixar a parentela. Tratava-se de abandonar a tradição religiosa, tão significativa naqueles dias.
Terceiro: deixar a casa dos pais. Significava renunciar às responsabilidades de liderança familiar deixada pelo pai. Em compensação, a promessa de Deus para Abraão era perfeita e completa. Deus exigiu três atitudes de fé e lhe retribuiu com sete bênçãos: Primeira: De ti farei uma grande nação. Segunda: E te abençoarei. Terceira: E te engrandecerei o nome. Quarta: Sê tu uma bênção. Quinta: Abençoarei os que te abençoarem. Sexta: E amaldiçoarei os que te amaldiçoarem. Sétima: Em ti serão benditas todas as famílias da terra.
Observa-se que a primeira promessa a Abraão foi a garantia, não de um filho apenas, mas, de uma grande nação. O maior sonho de Abraão era ter um filho. Um único filho já era suficiente para fazê-lo plenamente feliz. Mas, quando se faz um pacto com Deus, a realização dos sonhos vai muito além de tudo o que se imagina ou deseja.
É claro que a realização de todos os sonhos vindos da parte de Deus não acontece de um dia para o outro. E é justamente aí que está o segredo para a obtenção das bênçãos Divinas: a fé perseverante. O outro segredo de Abraão foi a sua persistência. Esperando contra a esperança, ele creu que as promessas de Deus iriam se cumprir, cedo ou tarde, independentemente de quaisquer circunstâncias. Ele não abandonou a fé naquelas promessas mesmo vendo que ele e a esposa estavam envelhecendo. E isso é o que faz a diferença entre cristãos e cristãos.
Muitos dizem possuir a fé cristã e até a exteriorizam mantendo frequência na igreja, mas, no íntimo, há muito tempo já desistiram de perseguir os seus sonhos da fé. Isso não aconteceu com Abraão. Ele creu, a despeito da visão física, porque Aquele que fez a promessa era e é Espírito. E para o Espírito de Deus não há limites, nem mesmo a carne envelhecida.
(*) Texto extraído do livro "Mensagens do bispo Macedo"

quarta-feira, 8 de junho de 2016

Bons olhos é a saída para um bom relacionamento




"As pessoas no inicio que conhecem uma a outra, são atraídas somente pelas qualidades, mas ao passar do tempo os defeitos aparecem e o que não era para acontecer, infelizmente em alguns casos acontece que é a distancia(desistência), sabe por que ? Isso só acontece quando os olhos se tornam maus com a pessoa amada... 

Se, porém, os teus olhos forem maus, o teu corpo será tenebroso. Se, portanto, a luz que em ti há são trevas, quão grandes serão tais trevas!
Mateus 6:23

Então vigia, não caia na cilada do diabo, cuide bem dos seus olhos! antes que contaminem todo o seu corpo e não será feliz com ninguém!"

Imagine se Deus tivesse maus olhos conosco e vivesse a nos julgar a todo momento, se ao invés de Deus, fosse o homem a julgar o homem estaríamos perdidos, ninguém seria salvo, e fora que para cada falha, cada erro, cada pecado, seria todo instante alguém julgado a morte, enfim a humanidade não resistiria, pois, adoramos julgar os outros, porém temos dificuldade de olhar para nós mesmo e mais dificuldade ainda de reconhecer que erramos também, que não somos perfeitos.

Graças podemos dar que Deus é justo, e não julga como o homem, Ele é misericordioso, e o que nos ensina isso ? que devemos antes de julgar, condenar, ter maus olhos, temos que olhar para dentro de nós e veremos que também precisamos mudar, então temos que ter paciência e olhar mais as pessoas pelas suas qualidade do que os seus defeitos, afinal você se aproximou da pessoa amada, foi por intermédio das qualidades dela, então não é justo que se afaste só porque descobriu que ela tem defeitos assim como você tem aos montes.

Seja justo com você, com a pessoa amada e perante a Deus, só Ele tem o poder de julgar, ao invés de aprender a julgar, não ! aprenda mais sobre o amor de Deus, como Ele nos ama, como é de fato o verdadeiro amor, e como amar como Deus ama, enxergar como Deus enxergar, ter bons olhos como Deus tem contigo e com toda humanidade apesar de nossos inúmeros erros.

A candeia do corpo são os olhos; de sorte que, se os teus olhos forem bons, todo o teu corpo terá luz; Mateus 6;22

by Nelsinho A. Quintanilho

segunda-feira, 6 de junho de 2016

Você troca a Deus por quem ? ou pelo o que ?



São duas perguntas mais que a resposta deveria ser a mesma... deveria ? sim pois, muitas vezes trocamos Deus por pessoas e não por coisas, ou então invertemos e passamos a trocar por coisas e não por pessoas... e tem aqueles que trocam por ambas as propostas. 

Ai você diz que nunca trocou, nem nunca vai trocar... mas deixa eu te ajudar a pensar, responder essas perguntas rapidamente não faz sentido, são perguntas devem ser pensadas, tem que haver sinceridade de nós para com Deus, afinal ele melhor do que eu, sabe o que está ai dentro de você. vamos então as formas de trocar a Deus por pessoas ou coisas, veja se você se encaixa em alguma delas:

Formas de trocar a Deus por coisas e pessoas; 

Muitos trocam a Deus por um relacionamento amoroso, alguns duram apenas horas e minutos, momentos, outros duram muitos anos, mas no momento que deveria dizer não ao pecado e não se entregar antes do casamento e buscar alguém de Deus também para se casar, ela nem lembra que Deus existe e troca a sua comunhão com Deus, pelo prazer da carne, mesmo que isso a faça sofrer no futuro.

Muitos trocam a Deus por trabalho ou estudo, antes a pessoa lia a bíblia, jejuava, acordava de madrugada para orar, enfim tinha uma comunhão com Deus ia a igreja com bastante frequência evangelizava, ajudava a pessoas sofridas, e etc... hoje sua vida é estudar e trabalhar, só pensa em se mesmo, e nos seus afazeres para crescer financeiramente, trocou a Deus pelo dinheiro, pelas coisas desse mundo que ela quer conquistar, se tiver que ficar na faculdade os finais de semana ela fica, vira a noite estudando, porém nem na madrugada de Deus ela lembra de falar com Deus.

Muitos também trocam por supostos ídolos, artistas, cantores, atores, enfim, famosos, ela faz de tudo para encontrar com aquela pessoa que nem a conhece, mas ela ama, briga até com quem fala mal do artista, porém quando se trata de Deus, ela nem liga mais, esqueceu de tudo que Deus fez pela vida dela quando está mesmo chegou a igreja cheia de problemas, morta, vazia, sofrida, agora ela só dar valor a um ídolo que nem sabe seu nome, que nem se preocupa com ela, nunca fez nada para o bem dela.

São inúmeras as formas e maneiras para se trocar a Deus, esse mundo que é do maligno como diz as escrituras sagradas(1 João 5:19), ele tem muitas propostas tentadoras, todas elas para lhe afastar de Deus, todas para que você faça o que sua carne deseja, abra mão de sua salvação por momentos de prazer, porém não se esqueça que tudo tem seu preço... o sexo bom de hoje pode ser a aids ou a gravides indesejada de amanhã... o homem ou mulher dos sonhos de hoje, pode ser seu pesadelo de amanhã, o trabalho dos sonhos de hoje, pode ser sua escravidão de amanhã, enfim, tudo que você se afasta de Deus para ter no final ou durante você pode ter surpresas nada boas, não vale a pena! 

Pois, que aproveitaria ao homem ganhar todo o mundo e perder a sua alma? Marcos 8:36

Você pode ter tudo que deseja e muito mais... porém, Deus tem que continuar sendo sua base, sua coluna central, seu tudo ! Em tudo que fizer antes pense o que Jesus pensaria de você ? tenha certeza que não vai desagradar a Deus, Ele te ama, não quer te perder, não troque a Deus por pessoas ou coisas, ninguém gosta de ser trocado ou você gosta ? pense nisso ! 

Assim como você não aceitaria se trocado por nada nem ninguém, então não faça com Deus, o que não gosta que as pessoas fazem com você. Imagina você querendo atenção do seu marido e ele só quer jogar vídeo game ou futebol com os amigos, você mulher fica feliz ? não né ele te trocou por diversões e momentos que só fazem bem a ele... ou você homem se sua mulher ao invés de lhe dar atenção fica no telefone com as amigas por horas, ou vive mais na casa da mãe do que na de vocês, enfim ela tem tempo para outas pessoas, mas não para você, é companheiro imagino que você não ficaria nada feliz.

Então cuidado, com o que você tem feito de sua vida, será que não tem trocado Deus por... você sabe imagino que agora Deus está apontando ai na sua consciência a troca que você fez, ou tem feito... então mude hoje, sua salvação depende de suas escolhas que são feitas todos os dias de sua vida. 

by Nelsinho A. Quintanilho 

sexta-feira, 3 de junho de 2016

Rosa ou porco-espinho ? (Ilustração) Reflita


Certo homem, que nunca tinha visto uma única rosa em sua vida, entrou numa floricultura e comprou um lindo arranjo para dar para a sua esposa, mas, tanto gostou daquelas maravilhosas flores que, posteriormente, comprou umas mudas de roseira e passou a cultivá-las no quintal da sua casa.
A princípio, cuidou muito bem delas, porém, antes que um único botão surgisse em sua plantação, ele ficou abismado com a quantidade de espinhos e se perguntou:
– Como pode uma flor tão linda vir de uma planta tão espinhosa?
Entristecido, abandonou o cultivo e deixou que as plantas morressem por falta d’água.
O amor não se porta inconvenientemente, 
não se irrita, tudo sofre, tudo crê, tudo espera,tudo suporta.
 I Coríntos 13.4-7 
Autor: Desconhecido