terça-feira, 20 de junho de 2017

Sucesso na carreira vs. no amor



Mulheres hoje são preparadas para a independência, o que é excelente para suas carreiras, mas em alguns casos FATAL para seus relacionamentos.

Homens são simples de amar. Tudo que queremos é uma mulher que seja agradável. Que cuide do marido, se dirija a ele com respeito, e seja companheira. Não ressentimos o sucesso delas, ao contrário. Só não queremos ser tratados como funcionário em casa também — constantemente ser confrontados, ignorados ou mandados a isso ou aquilo. Homem quer paz.


O problema é que as mulheres têm sido ensinadas que ser agradável e cuidar bem do marido é ser escrava, uma Amélia que só vive para servi-lo. E a maioria acha que é assim, oito ou oitenta. Pisar para não ser pisada.

Mulheres bem-sucedidas no trabalho e no amor existem. Sou casado com uma. O segredo delas é não perder a feminilidade.

P.S. O assunto é tão delicado que a reação de algumas a este texto será virar o canhão para os homens e começar o ataque. Não terão aprendido nada, nem entendido que o texto acima não é um ataque a elas. Tampouco uma afirmação de que os homens não têm seus defeitos. Elas ignorarão todos os posts anteriores aqui neste blog, onde falo dos erros deles também, e me chamarão de machista. Tudo bem. Este post não é para elas, mas para as que têm sido vítimas de crenças que as têm roubado da felicidade no amor, e são inteligentes o suficiente para reavaliar seus conceitos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário